Search
domingo 4 dezembro 2016
  • :
  • :

Marketing de conteúdo: história e primeiros cases

Você já deve ter ouvido falar no termo marketing de conteúdo. Provavelmente, ele é mais recorrente para você nos últimos anos, desde que começou a se valorizar o marketing digital no Brasil, não é mesmo? Mas você sabia que o marketing de conteúdo existe desde o início da comunicação humana?

Como todas as estratégias e histórias de pioneirismo, há controvérsias quanto à origem do marketing de conteúdo. Por isso, trazemos aqui as principais, citadas por materiais que são referência sobre o tema.

História do marketing de conteúdo

Segundo o infográfico publicado no site de maior referência sobre marketing de conteúdo no mundo, o Content Marketing Institute, o marketing de conteúdo teve origem junto com a história da comunicação e história da arte, com as pinturas rupestres. Nesta linha de raciocínio apontada por Joe Pulizzi, autor de livros que são referência na área, o marketing de conteúdo é pensado como sinônimo de informação e comunicação.

Já segundo o e-book “A Brief History of Content Marketing”, escrito por Daniel Kuperman e publicado no site da Aprix Solutions, o marketing de conteúdo decorreria de uma ação realizada no século XIX pelo jornal impresso The New York Sun. O periódico criou um conteúdo exclusivo para seus leitores. O problema é que eram histórias mentirosas: segundo os seis artigos da série, teria ocorrido uma descoberta de vida na lua, na qual habitariam animais, teria árvores e oceanos.

“Mesmo após a farsa ter sido descoberta,a circulação continuou crescendo. Por volta de 1837, chegou a uma circulação de 30.000 jornais.” (KUPERMAN, 2011, no e-book “A Brief History of Content Marketing”)

O maior case de content marketing

De uma forma mais justa e com ética, é justo citar um case de marketing de conteúdo que foi referenciado em ambos os materiais acima mencionados (no infográfico de Pulizzi e no e-book de Kupperman).

Em 1900, a fabricante de pneus Michelin lançou o “The Michelin Guides”, com 400 páginas de conteúdo de interesse do seu público. O guia servia para orientar os leitores sobre manutenção de veículos e onde encontrar mecânicos e revendedores dos pneus da própria empresa. Continha ainda um catálogo com alojamentos e alimentação para os condutores durante passeios na França.

marketing de conteudo

O Guia Michelin ainda é distribuído atualmente, e se tornou um dos guias gastronômicos mais conceituados do mundo.

Mas, se o marketing de conteúdo já existe há tanto tempo e traz inúmeros benefícios às empresas que o aplicam, por que só há pouco tempo você ouviu falar nele?

A resposta é simples. O marketing de conteúdo já é uma prática tão antiga que já foi incorporada em praticamente tudo o que conhecemos de marketing tradicional. Já o marketing digital ainda está começando a ter mais esta consciência das vantagens em se ter o conteúdo como foco de suas ações. A questão é que o marketing de conteúdo digital só tem a acrescentar às empresas. E elas precisam, o quanto antes, colocar o conteúdo em primeiro lugar nas suas ações de marketing. Só assim estaremos mais avançados em ações digitais, podendo chegar mais perto de um avanço que se aproxime do sucesso do marketing digital norte-americano.

Quer saber mais a respeito da história do marketing de conteúdo?

    Leia as referências deste texto:
  1. Infográfico com a história do content marketing
  2. E-book A Brief History of Content Marketing
  3. Matéria do Blog do Empreendedor citando o case do Guia Michelin

 

5.00 avg. rating (96% score) - 1 vote


Kary Subieta

Jornalista, Digital Marketer e especialista em Marketing de Conteúdo.


Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*